Você já viu esse filme: num futuro não tão distante, homens disputam com máquinas superinteligentes que tentam destruir a humanidade. O enredo batido pertence ao campo da ficção científica. No mundo real, nenhum prognóstico sério aponta que robôs irão aniquilar nossa espécie nas próximas décadas. O que eles provavelmente farão, segundo a maioria das previsões, é aniquilar o seu emprego. E isso pode ser bom, acredite. Quer um exemplo?

A Amazon usa 100 mil robôs em seus centros de logística nos Estados Unidos. Os efeitos diretos do crescimento no uso das máquinas foram o aumento na produtividade, nas vendas e, consequentemente, a abertura de novos postos de trabalho. Hoje, 125 mil pessoas trabalham nos depósitos da empresa.

Leia o artigo completo no site Migalhas